Arquivo da categoria: Ubuntu

Apagando Kernel antigo no Ubuntu/Linux

Obs.: Não nos responsabilizamos por quaisquer erros reportados pela utilização dos comandos abaixo. Utilize por sua conta e risco.

Podemos verificar o tamanho da partição /boot utilizando os comandos a seguir:

– Verificando a utilização da partição com detalhes

# df -kh /boot
Filesystem Size Used Avail Use% Mounted on
/dev/sda1 228M 27M 190M 13% /boot

– Verificando a utilização da partição /boot

# du -kh –max-depth=0 /boot
27M /boot

– Verificando o kernel atual em funcionamento:

# uname -a
Linux proxy 3.2.0-57-generic-pae #87-Ubuntu SMP Tue Nov 12 21:57:43 UTC 2013 i686 i686 i386 GNU/Linux

Com essa linha de comando abaixo vamos filtrar todos os kernels antigos do kernel atual e automaticamente  apagar os arquivos  antigos que ocupam espaço na partição /boot do linux:

# dpkg -l linux-* | awk ‘/^ii/{ print $2}’ | grep -v -e `uname -r | cut -f1,2 -d”-“` | grep -e [0-9] | grep -E “(image|headers)” | xargs sudo apt-get -y purge

O grub será gerado automaticamente com as alterações.

Após a deleção, faremos um reboot na máquina para ativar as alterações

# reboot

Obs.: Não nos responsabilizamos por quaisquer erros reportados pela utilização dos comandos acima. Utilize por sua conta e risco.

Caso apareçam erros dizendo que não é possível instalar o novo kernel por faltarem dependências do kernel antigo:

Do you want to continue [Y/n]? y
dpkg: dependency problems prevent configuration of linux-image-generic-pae:
linux-image-generic-pae depends on linux-image-3.2.0-69-generic-pae; however:
Package linux-image-3.2.0-69-generic-pae is not installed.
dpkg: error processing linux-image-generic-pae (–configure):
dependency problems – leaving unconfigured
No apport report written because the error message indicates its a followup error from a previous failure.
dpkg: dependency problems prevent configuration of linux-generic-pae:
linux-generic-pae depends on linux-image-generic-pae (= 3.2.0.69.82); however:
Package linux-image-generic-pae is not configured yet.
linux-generic-pae depends on linux-headers-generic-pae (= 3.2.0.69.82); however:
Version of linux-headers-generic-pae on system is 3.2.0.70.84.
dpkg: error processing linux-generic-pae (–configure):
dependency problems – leaving unconfigured
No apport report written because the error message indicates its a followup error from a previous failure.
Errors were encountered while processing:
linux-image-generic-pae
linux-generic-pae
E: Sub-process /usr/bin/dpkg returned an error code (1)

Proceder da seguinte forma:

Remover os três pacotes correspondentes do kernel que vai atualizar

sudo dpkg -r linux-image-generic-pae
sudo dpkg -r linux-headers-generic-pae
sudo dpkg -r linux-generic-pae

Para garantir a deleção, forçar a remoção

sudo dpkg --purge --force-all --force-remove-reinstreq linux-image-generic-pae
sudo dpkg --purge --force-all --force-remove-reinstreq linux-headers-generic-pae
sudo dpkg --purge --force-all --force-remove-reinstreq linux-generic-pae

Agora podemos dar upgrade nos arquivos

sudo apt-get -f install
sudo apt-get upgrade

E caso deseje reinstalar os pacotes removidos

sudo apt-get install linux-image-generic-pae
sudo apt-get install linux-headers-generic-pae
sudo apt-get install linux-generic-pae

Obs.: Não nos responsabilizamos por quaisquer erros reportados pela utilização dos comandos acima. Utilize por sua conta e risco.

Anúncios

Restrict Linux users to their home directories only

Q. How can I make sure that users can only access their own home directories?

A. You can use rbash i.e. restricted bash shell. A restricted shell is used to set up an environment more controlled than the standard shell. It behaves identically to bash with the exception that the following are disallowed or not performed:

  1. Changing directories with cd
  2. Setting or unsetting the values of SHELL, PATH, ENV, or BASH_ENV
  3. Specifying command names containing /
  4. Specifying a file name containing a / as an argument to the . builtin command
  5. Specifying a filename containing a slash as an argument to the -p option to the hash builtin command
  6. Importing function definitions from the shell environment at startup
  7. Parsing the value of SHELLOPTS from the shell environment at startup
  8. Redirecting output using the >, >|, , >&, &>, and >> redirection operators
  9. Using the exec builtin command to replace the shell with another command
  10. Adding or deleting builtin commands with the -f and -d options to the enable builtin command
  11. Using the enable builtin command to enable disabled shell builtins
  12. Specifying the -p option to the command builtin command
  13. Turning off restricted mode with set +r or set +o restricted.

These restrictions are enforced after any startup files are read. When a command that is found to be a shell script is executed, rbash turns off any restrictions in the shell
spawned to execute the script.

Open /etc/passwd file and setup shell to /bin/rbash
# vi /etc/passwd

For example here is a sample entry for user vivek:
vivek:x:100:101::/home/vivek:/bin/rbash

 

Basta criar um link simbólico para o rbash

ln /bin/bash /bin/rbash

Criando uma keytab com o ktutil

Estou agora dando prosseguimento ao último post sobre Linux autenticando no Active Directory usando SAMBA/KERBEROS/WINBIND, post esse destinado aos usuários do Ubuntu Precise 12.04

Qual a necessidade de se criar uma keytag para o Kerberos?

  • Uma vez feitas as configurações, seria necessário sempre dar um refresh no ticket que é gerado pelo kerberos junto ao Active directory. Ao reiniciar a máquina, o ticket não ganha um refresh automaticamente, surgindo assim a necessidade de se criar um script para que ele gere o ticket na inicialização da máquina. O grande problema seria colocar a senha em texto no script, o que causaria uma falha de segurança.
  • O keytag cria um hash criptografado que será usado para fazer a comunicação entre o kerberos e o Active Directory, evitando que você precise adicionar em modo texto as senhas de acesso ao seu servidor.

Continuar lendo

Etiquetado ,

Linux autenticando no Active Directory com Samba/Kerberos/Winbind – Ubuntu 12.04

Estou utilizando para a confecção deste tutorial a necessidade que surgiu de ter um servidor de autenticação para as máquinas clientes da nossa rede interna. Para tanto, estamos usando como servidor central o Windows Server 2008 e o Active Directory como gerenciador de domínio. Vale salientar que não iremos aqui abordar a instalação ou configuração do servidor de AD, considerando que o mesmo já existe na rede e está configurado com seus usuários, grupos e permissões.

Todas as configurações feitas nesse tutorial foram testadas no Ubuntu Precise 12.04

Inicialmente iremos instalar os pacotes necessários para o desenvolvimento desse projeto:

  • Samba
  • Winbind
  • Kerberos

# apt-get install samba winbind krb5-clients krb5-user

Continuar lendo

Alterando Runlevel no Ubuntu Precise 12.04

Olá,

Pode ser de grande valia e que um dia venha a precisar alterar o runlevel de uma máquina Ubuntu.

Para alterar, siga os passos abaixo:

Edite o arquivo /etc/init/rc-sysinit.conf

Altere a variável onde tem

env DEFAULT_RUNLEVEL=2

para

env DEFAULT_RUNLEVEL=3

 

Depois abra o arquivo /etc/init/lightdm.conf

Procure pelas linhas
start on … [!06] e stop on … [!016]

Continuar lendo

Install and configure Ejabberd 2.1 on Ubuntu 10.4

This how to is a great deal simpler than I remember but it’s easy to miss a trick.

$ sudo apt-get install erlang ejabberd

I thought it was all kosher. Except I couldn’t add users due to ‘undefined RPC endpoint for localhost’. Thinking that these should have been automagically configured I tried to install from source and from processone packages but none were really good enough to easily repeat. Continuar lendo

Bind tentando resolver ipv6

Em alguns casos a instalação do bind vem por padrão tentando resolver ipv6, o que em conexões limitadas a ipv4 acaba por causar o erro “network unreachable resolving” que aparece nos logs (no debian em /var/log/daemon.log).

Para resolver é bem simples:

Edite o arquivo /etc/defaults/bind9

Onde vê-se a linha OPTIONS=”-u bind” alteramos para

OPTIONS="-4 -u bind"

Onde a inclusão do -4 vai forçar o bind a resolver apenas ipv4.

Logo após somente restartamos o bind

/etc/init.d/bind9 restart

 

apt-mirror: Crie um repositorio local para Debian ou Ubuntu e derivados

O apt-mirror serve para criar uma copia dos repositorios do Debian e derivados para um computador local, deixando disponivel a banda de internet para outros fins, e diponibilizando os pacotes na rede. Muito util quando tenha que fazer muitas instalações. Continuar lendo

Usuários encontrando “Invalid Configuration Location” no Eclipse

Após a instalação do Eclipse para linux (IDE), seus usuários podem encontrar um erro após tentar inicializar o programa

O erro encontrado é que “Locking is not possible in the directory”

“/usr/local/eclipse/configuration/org.eclipse.osgi. A common reason is that the file system or Runtime Environment does not support file locking for that location. Please choose a different location,or disable file locking passing “=Dosgi.lockling=none” as a VM argument. ‘usr/local/eclipse/configuration/org.eclipse.orgi/.manager/.fileTableLock (Permission denied)”

Para resolver o problema, você simplesmente tem que iniciar a flag “-configuration” e apontar para o lugar d seu diretório home $HOME/

$ eclipse -configuration

Instalando Sun Java Development Kit ( JDK ) e Java Runtime Environment ( JRE ) no Ubuntu

Como fazer para instalar o JDK (Java Development Kit) e o JRE (Java Runtime Enviroment) no linux Ubuntu?
Parece que existem múltiplos JRE’s instalados por padrão no Ubuntu.
Como eu seleciono e uso apenas um JRE?
Você pode explicar os passos necessários para configurar o ambiente para executar aplicativos ou programas em java?

O Ubuntu possui os seguintes pacotes da Oracle (Antiga Sun):

=> sun-java6-bin : Sun Java Runtime Environment (JRE) 6

=> sun-java6-demo : Sun Java Development Kit (JDK) 6 demos

=> sun-java6-jdk : Sun Java Development Kit (JDK) 6

=> sun-java6-jre : Sun Java Runtime Environment (JRE) 6
Continuar lendo